Pesquisar neste blog

sábado, 22 de abril de 2017

Sessão itinerante no Córrego

A imagem pode conter: 4 pessoas
Foto: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Apodi(CMA)

SESSÃO ITINERANTE CÓRREGO 20/ABRIL/2017

Nesta quinta-feira (20/abril) a Câmara Municipal de Apodi realizou a primeira sessão itinerante do ano de 2017. Importante destacar que são sessões ordinárias, no entanto, realizadas fora da Câmara e mais próxima das comunidades, que geralmente não podem participar por conta do translado ou até mesmo do horário. O objetivo é levar às comunidades o conhecimento dos trabalhos e projetos realizados pela Câmara e seus vereadores. “Estamos dando a oportunidade a comunidade de entender, de fiscalizar e participar mais efetivamente dos trabalhos do Poder Legislativo do Município.” Destacou o Presidente da Casa, Genivan Varela (PCdoB).

A região contemplada para receber a primeira sessão foi a Areia, tendo como comunidade escolhida o Sítio Córrego, terra da vereadora Soneth Ferreira, a anfitriã da noite. Com uma pauta contundente, muitas vezes direcionada às necessidades da região, por ser uma sessão ordinária, outros temas foram abordados de maneira geral. Contando com uma imensa participação popular, que lotou a escola, a tribuna foi aberta, inclusive para a população, que teve sua voz ouvida por alguns representantes da comunidade como o ex-vereador Luizinho de Dão, o ex-secretário Caubi Torres.

Contamos com a presença do prefeito municipal, Alan Pinto, e alguns de seus secretários prestigiaram a noite tão importante para a comunidade. Uma noite, acima de tudo democrática, o Córrego foi palco de uma interessante discussão sobre o PROJETO DE LEI N.º 009/2017 que cria o Distrito de Córrego, de autoria da Vereadora Soneth Ferreira(PP). Com base em exemplos de outras comunidades que passaram por esse processo, em cima de argumentos técnicos e também na sensibilidade e no desejo da grande maioria, o projeto foi aprovado por unanimidade.

Uma demonstração de que a Câmara Municipal quer cumprir seu papel junto à sociedade, a sessão foi um sucesso total, em nome do Poder Legislativo, parabenizamos e agradecemos a toda região da areia.

OBS.: PAUTA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA (ITINERANTE) - SÍTIO CÓRREGO:

BIÊNIO 2017/2018

Apodi-RN, 20 de abril de 2017

MATÉRIAS DO PODER EXECUTIVO

VOTAÇÃO

PROJETO DE LEI Nº 026/2017 – Autoriza o município a conceder auxílio através convênio com a CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Apodi, cujo objetivo é a ampliação da rede de monitoramento por câmeras da cidade de Apodi-RN e dá outras providências.

MATÉRIAS DO PODER LEGISLATIVO

VOTAÇÃO 

PROJETO DE LEI N.º 009/2017 - Cria o Distrito de Córrego e dá outras providencias. De autoria da Vereadora Soneth Ferreira – PP 

INDICAÇÃO Nº. 104/2017 – De autoria dos Vereadores Soneth Ferreira – PP, Genivan Varela-PCdoB e Júnior Carlos-PSB

INDICAÇÃO Nº. 105/2017 – De autoria dos Vereadores Charton Rêgo-PTdoB e Chico de Marinete-PCdoB

INDICAÇÃO Nº. 106/2017 – De autoria da Vereadora Soneth Ferreira – PP 

INDICAÇÃO Nº. 107/2017 – De autoria dos Vereadores Costinha-PSDC e Evangelista-PR 

MOÇÕES DE PESAR – De autoria do Vereador Chico de Marinete-PCdoB

MOÇÃO DE APLAUSOS E CONGRATULAÇÕES – De autoria do Vereador Evangelista-PR


Para ver mais fotos da sessão itinerante, clique aqui

sexta-feira, 21 de abril de 2017

A histórica sessão itinerante de 20 de abril de 2017, realizada na comunidade de Córrego


Na noite desta quinta-feira, 20 de abril de 2017, foi realizada a primeira sessão itinerante da Câmara Municipal de Apodi(CMA) na comunidade de Córrego, município de Apodi/RN, tendo como sede a Escola Municipal Isabel Aurélia Torres. 

A sessão foi iniciada por volta das 19hs30min, contando com a presença de todos os 13 vereadores do município: Genivan Varela(PC do B), Charton Rêgo(PT do B), Gilvan Alves(PT do B), Bebé Gama(PT do B), Chico de Marinete(PC do B), Andreazo Alves(PSDB), Evangelista Filho(PR), Costinha Costa(PSDC), Junior Carlos(PSB), Paulo Telécio(PSD), Junior Souza(PMDB), Ângelo de Dagmar(Solidariedade) e a vereadora Soneth Ferreira(PP).

A sessão foi marcada pela participação de alguns moradores, que levaram as suas sugestões, indicações para os nobres parlamentares, afim de buscar soluções para determinados problemas  da localidade. A sessão também contou com a presença do prefeito municipal de Apodi, Alan Silveira(PMDB), secretários municipais , ex-vereadores, representantes de associações, moradores do Córrego e das comunidades rurais que formam a Região da Areia de Apodi.

Todos os parlamentares fizeram uso da palavra, expressando a sua opinião sobre o principal item da pauta: A votação do projeto de lei da vereadora Soneth Ferreira, que cria o "Distrito de Córrego". Alguns dos edis manifestaram a sua opinião a favor, outros não disseram que eram contra o projeto, mas sim fizeram questionamentos se era realmente aquilo que seus moradores queriam. Houveram alguns momentos de embate sobre o tema. Já no final da sessão, quando estava próximo da votação do PL, a vereadora Soneth Ferreira, fez a defesa do projeto de sua autoria para a criação do Distrito do Córrego, ela afirmou que apresentou essa proposta no intuito de trazer mais melhorias e serviços para a comunidade, expressando que lutaria ainda mais pelas demandas e necessidades da localidade. Após a sua fala, o Presidente da CMA, vereador Genivan Varela colocou o projeto em votação, sendo o mesmo APROVADO POR UNANIMIDADE.

Um fato curioso deste dia, foi a questão da falta de energia que ocorreu na Escola onde a sessão estava sendo realizada, mas mesmo assim os vereadores se mantiveram presentes e como mencionado anteriormente, aprovaram o projeto da CRIAÇÃO DO DISTRITO DE CÓRREGO.

A sessão foi encerrada por volta das 11 hs da noite, sendo esta uma noite memorável para o Córrego, para a região da Areia e todo o município de Apodi. O projeto agora seguirá para sanção do prefeito Alan Silveira.
Dessa forma a comunidade de Córrego passará a condição de distrito do município de Apodi, juntamente aos atuais distritos de Soledade e Melancias.


Sobre a autora do projeto: 

VEREADORA SONETH FERREIRA, autora do Projeto de Lei de Criação do Distrito de Córrego 

MARIA SONETH DA SILVA FERREIRA GOMES, mais conhecida como Soneth Ferreira, é a terceira das seis filhas de Zita Maria e Neto Ferreira, nasceu na comunidade de Retiro, município de Apodi/RN. Foi eleita vereadora de Apodi nas eleições municipais de 2012, com 1.044 votos pelo PDT(Partido Democrático Trabalhista) para o mandato 2013/2016. Em 2016, foi reeleita a segunda vereadora mais votada de Apodi, desta vez pelo PP(Partido Progressista), com 1,507 votos, para o mandato 2017-2020.  Considerada a "representante da Região da Areia", Soneth Ferreira é bisneta do ex-vereador de Apodi, Manoel Libânio da Silva. Já teve inúmeros projetos aprovados em prol do município de Apodi. 

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Dia Municipal do Desbravador é instituído em Apodi


Na sessão ordinária no último dia 06 de abril de 2017, a Câmara Municipal de Apodi-RN, em reconhecimento aos inúmeros serviços prestados a nossa sociedade através do Clube de Desbravadores Maranata, por meio do Projeto de Lei 022/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo, votou por unanimidade, que no dia 03 de Junho comemore-se o dia Municipal dos Desbravadores. Os vereadores presentes em suas respectivas falas, lembraram da importância da presença do Clube no Município e destacaram o seu caráter sócio-educativo.
Informações extraídas da página do vereador Charton Rêgo. 


A Lei municipal que institui  03 de junho como dia Municipal do Desbravador em Apodi já foi sancionada e publicada no Diário Oficial:

LEI MUNICIPAL Nº 1130/2017 18 DE ABRIL DE 2017

PLL nº. 022/2017 Autor: Charton Heston Rêgo Noronha

Institui o Dia Municipal do Desbravador da Igreja Adventista do Sétimo Dia, no âmbito do Município de Apodi/RN.

O PREFEITO MUNICIPAL DE APODI-RN faz saber, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo Art. 66 inciso IV da Lei Orgânica, e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - Fica instituído no âmbito do Município de Apodi – Rio Grande do Norte, o “O Dia do Desbravador da Igreja Adventista do Sétimo Dia” a ser comemorado, Anualmente, no dia 3 de junho a inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Apodi-RN.

Parágrafo Único – O Dia dos Desbravadores tem por objetivo sensibilizar a comunidade Apodiense, sobre o trabalho realizado pelos Desbravadores através de procedimentos informativos, educativos e organizados, contribuindo assim, com a formação do caráter do cidadão de hoje e de amanhã junto à sociedade.

Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal em Apodi/RN, em 18 de abril de 2017

ALAN JEFFERSON DA SILVEIRA PINTO
Prefeito Municipal

LUCIANO MARCOS DIÓGENES DE MOURA
Secretário de Administração e Planejamento
Portaria nº 00131/2017

Esta lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte - http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/A0E66AFC

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Câmara Municipal de Apodi realizará sessão itinerante no Sítio Córrego


O Presidente da Câmara Municipal de Apodi, vereador Genivan Varela convocou para a próxima quinta-feira, dia 20 de abril de 2017, sessão itinerante a ser realizada às 19h30min no Sítio Córrego, município de Apodi/RN. Serão discutidos temas importantes para a comunidade, e um dos principais objetivos da sessão será   a discussão/votação do projeto de lei de autoria da vereadora Soneth Ferreira, que cria o "Distrito de Córrego".  A sessão será realizada na sede da Escola Municipal Isabel Aurélia Tôrres(EMIAT). 

"Um dos compromissos que assumi como presidente da Câmara foi  a aproximação do legislativo ao povo, essa é a primeira sessão em 2017, realizada na zona rural. Até o final do ano mais 4 sessões acontecerão nas regiões do Vale, Chapada e Região da Pedra, levando o legislativo sempre perto do povo", afirmou o Presidente da CMA, vereador Genival Varela, em sua rede social. 

O projeto está tramitando na CMA desde fevereiro de 2017,  e atendendo a pedidos dos parlamentares por maiores detalhes sobre os limites da comunidade que serão transformados em distrito, o PL teve de ter sua apreciação adiada. Depois de passar pelas comissões da casa, o projeto já está apto para votação dos vereadores.

Considerado um sonho antigo, o projeto recebe grande aceitação dos moradores da comunidade, principalmente pelo fato de que com transformação em distrito municipal de Apodi, o Sítio Córrego terá ainda mais destaque, possibilitando que  assim as necessidades da localidade  possam ser atendidas com maior rapidez. A comunidade de Córrego está localizada a aproximadamente 10 quilômetros da sede do município e centraliza diversas comunidades rurais que fazem parte da Região da Areia de Apodi. A região tem sua economia baseada principalmente na produção de castanha de caju, sachê de mel, produção de frutas, artesanato, produção de vassouras de palha, entre outros.
Além disso a comunidade dispõe de: 
- 01 Escola Municipal - Escola Municipal Isabel Aurélia 
Torres(EMIAT)
- 01 Escola Estadual - Atualmente desativada.... 
- Associação de Mini-Produtores de Córrego e Sítios Reunidos(AMPC)
- Centro Comunitário
- Unidade de Beneficiamento de Castanha de Caju
- Fábrica de Mel 
- Fábrica de Doces 
- Fábrica de Sucos Naturais 
- 01 Estação Digital 
- 02 (duas) Capelas: - Capela de São Pedro e Capela de São Francisco, portanto dois padroeiros.
- Grupo de Jovens São Pedro(Grujosp) 
- 01 (uma) Unidade Básica de Saúde - "UBS Maria Vinda de Oliveira"
- Igrejas Evangélicas: Congregação Batista, Igreja Plebisteriana 
do Brasil(IPB), Assembleia de Deus.
- COMÉRCIO: Bares, Quiosque, Budegas, Sorveteria 
- Grupo de Mulheres 
- Um Casarão do Forró, entre outros. 

Se aprovado pela CMA  e sancionado pelo prefeito de Apodi, o Córrego passará para a condição de distrito de Apodi, juntamente aos atuais distritos de Soledade e Melancias(ambos criados no ano de 1997). Os Distritos tem fundamental importância para uma cidade, de forma geral um município só se subdivide em mais de um distrito quando dentro dele existem povoamentos expressivos em termos populacionais e econômicos, mas que estão afastados da área urbana principal. Outra importante vantagem dos Distritos é a possibilidade de sediar uma subprefeitura(que fica subordinada ao poder do prefeito municipal), podendo assim facilitar as demandas e necessidades dessas áreas administrativas.

Fica aberto o convite para  que os moradores da Região da Areia e demais interessados marcarem  sua presença neste momento histórico para a comunidade de Córrego. 

Gênese Tapuya - Mônica Freitas

A imagem pode conter: 2 pessoas, close-up
Antes do começo estavam ali:
Aquele silêncio vivo, entoado de cantos naturais
Aquelas águas tão lindas, tão maternas
De ares tão perfumados, de ventos que já não são iguais
Aquelas meninas, mulheres e moças primevas
E os homens, que tanto andavam? Os nossos originais?

Como disse o historiador
“Que o silencio e a paz reinavam às margens do Itaú
Que para cima e para baixo andava e ali vivia
Aquele povo valente que tinha o corpo nu
Que corria da chapada para as margens da lagoa
Um povo denominado de Tapuia Paiacu"

Dessa tribo que na verdade era a Tarairiú
Nascemos e demos origem ao nome Apodi
Não fomos tão resistentes como foram os do Norte
Pois nossa flora tão rala, não nos permitiu fugir
Mas mesmo com a mistura, ainda estamos aqui.

Nós somos filhos da terra, nós somos filhos da luta
Dentro de uma história que tentou nos encobrir
Somos da raça tapuia, que o Nordeste habitou
Somos os primeiros povos, que pisou no Apodi
E nossa terra, nossa gente ainda vive aqui.

Apodi/RN
- professora, escritora e poetisa apodiense

quarta-feira, 12 de abril de 2017

I Semana Municipal da Leitura


Secretaria de Educação e Cultura de Apodi realizará, no final de abril, a I Semana Municipal de Leitura. Com o tema “Leitura na Praça: Compartilhando experiências” o evento acontecerá de 17 a 21 deste mês, na Praça Dom José Freire, no centro da cidade.

O projeto tem como objetivo incentivar o desejo pela leitura, tanto em crianças quanto em adultos.

A I Semana Municipal de Leitura iniciará na segunda e terça-feira, 17 e 18 respectivamente. Haverão apresentações culturais e tenda literária, sempre com início às 19hs e termino as 22hs. Na quarta-feira (19), tem apresentação do projeto “Estrelinhas e Pipa” e apresentações culturais. Na quinta-feira (20), apresentações culturais e tenda literária, e no encerramento, que acontecerá na sexta-feira (21), o evento iniciará as 17hs com cortejo literário pelas ruas da cidade.

Ainda no encerramento, haverá a apresentação do BALE – Biblioteca Ambulante de Leitura na Escola, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.

O prefeito Alan Silveira destacou que o projeto faz parte do plano de governo e que tem uma grande importância para a cidade.

“Procuramos valorizar e incentivar a leitura no âmbito municipal. Esse tipo de projeto faz parte de nosso plano de governo, porque entendemos que a leitura é decisiva no processo de ensino e aprendizagem”, comentou.

A realização da I Semana Municipal de Leitura entra para o calendário municipal de eventos.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Espetáculo da Paixão de Cristo em Apodi deve reunir 15 mil pessoas neste ano

(Foto: Josemário Alves | Comunicação)

O tradicional espetáculo da Paixão de Cristo, que acontece anualmente no sítio do Góis em Apodi, chega a esse ano na sua 11ª edição. Com muitas novidades e efeitos especiais, o evento deve reunir cerca de 15 mil espectadores nos dois dias de apresentação, segundo a organização. 

Idealizado pela própria comunidade do Góis com o objetivo de unir os moradores, o espetáculo já entrou no calendário cultural do município de Apodi. Neste ano, mais de 100 pessoas estão envolvidas com a encenação, produção e montagem dos cenários. Todos eles são da região do Polo Góis. 

(Foto: Josemário Alves | Comunicação)

De acordo com o diretor geral Dulcivan Fernandes, que integra o grupo Arte-e-ria, o público pode esperar uma Paixão de Cristo totalmente reformulada e cheia de novidades. “O diferencial deste ano é a inovação em tecnologia. Todas as cenas tiveram modificações. O pessoal pode esperar tudo diferente, com iluminação, sonorização e efeitos especiais”, disse. 

O espetáculo será apresentado na quinta e sexta-feira santa, 13 e 14 de abril, e terá duração de uma hora e meia. A encenação iniciará a partir das 19h e tem entrada gratuita. 

Montagem dos cenários 

A Paixão de Cristo do sítio do Góis será apresentado em quatro cenários diferentes, são eles: Palácio de Herodes, Sermão da Montanha, Pilates e Caifaz. 

(Foto: Josemário Alves | Comunicação)

Para montá-los, o grupo organizador utilizou madeira e materiais recicláveis. Neste ano, a Prefeitura de Apodi contribuiu com maquinários para elevar os cenários, tornando o espetáculo melhor para assistir. Ainda foi cedido pelo poder público o som, a iluminação, divulgação e transportes. 

“Esse evento tem grande importância para a nossa cultura e o Município tem todo interesse em apoiá-lo. Não tenho dúvidas que será um sucesso. Esperamos que no próximo ano possamos ampliar esta nossa parceria”, declarou o prefeito Alan Silveira. 

Para confecção dos figurinos e outros detalhes, o grupo realizou bingos e campanhas na comunidade com o intuito de arrecadar dinheiro. Todo esse trabalho de preparação teve início em novembro do ano passado, segundo o diretor Dulcivan Fernandes. 

“Aqui todo mundo se une com o mesmo objetivo, que é realizar esse espetáculo grandioso”, declarou Dulcivan. 

Apresentação e emoção 

(Foto: Josemário Alves | Comunicação)

São cinco meses de muito trabalho e dedicação para colocar o espetáculo no ar. Os agricultores residentes na região do Polo Góis se transformam em atores, produtores e figurinistas. Todos com o mesmo objetivo. 

O trabalho é árduo, mas acabe sendo compensado quando chega o grande dia. A emoção toma conta de todos. Como por exemplo do agricultor e professor Francisco Américo, que faz o papel do Jesus Cristo há 11 anos. 

Ele contou que, mesmo interpretando o Cristo há tanto tempo, sempre se emociona com os espetáculos. “São momentos mágicos, uma emoção muito grande. Na hora de entrar em cena, eu me arrepio todo. É muito emocionante”, disse. 

Além de encenar, Francisco Américo também ajuda na montagem dos cenários. Ele diz que são cinco meses de muito trabalho que acaba se tornando cansativo, mas quando conclui fica o sentimento de dever cumprido e grandes lições para a comunidade. 

“Uma lição que fica é a superação. Nós temos uma política muito acirrada por exemplo, mas quando vem o espetáculo, todo mundo se une. Também tem a renovação da nossa fé, ou seja, a nossa Paixão de Cristo traz muitos benefícios e deixa muitas lições”, conclui.

(Foto: Josemário Alves | Comunicação)

11 de abril de 1833: "Apody é emancipado de Portalegre"

O município de Apodi foi criado  e emancipado no dia 11 de abril de 1833

Historia - A Villa do Apody começou por palhoças, sendo uma aldeia de índios, da tribu Paiacús = Alonso de Hojeda, acompanhado de Américo Vespúcio e de João de la Coza, chegou á uma das bocas do Rio Apody e seguindo por elle acima, veio aqui ter, no dia 24 de Junho de 1499, em virtude do que tomou o território o nome de Missão de São João Baptista do Apody. Apesar da resistência dos índios, o explorador Hojeda, fundou os primeiros estabelecimentos da Povoação. Em 1720, veio o capuchinho Frei Fidélles, verdadeiro apóstolo, que depois de cathequizar os indios, em um braço da Lagoa que ainda hoje conserva o nome de Córrego da Missão levantou os marcos da civilização intellectual, e material, edificando a Igreja Matriz, que ainda hoje existe. O seu território pertenceu a Villa de Porto Alegre, de que foi desmenbrado, por ser erecta Freguesia em 1766, e em Sessão ordinária do extinto Conselho Geral da Provincia, de 11 d'Abril de 1833, foi elevada a Villa, servindo-lhe de limites os de sua Freguesia, sendo-lhe concedido para Patrimônio Municipal, uma légua de terra, em quadro que tinha sido doada aos ditos índios, pelo Alvará de 23 de Novembro de 1700. A 9 de Outubro do dito armo, foi installada a nova Câmara Municipal sendo esta apossada Pro-Presidente da de Porto Alegre, o alferes pelo Rinaldo Gaudencio dOüveira. Foi creado o Termo em Sessão do ditto Conselho (-eral de 14 de Maio de 1834, e approvado pela Resolução Provincial de 23 de Março de 1835.

Fonte: Anais da Biblioteca Nacional - http://docvirt.com/docreader.net/DocReader.aspx…

Após sua emancipação política - Vila e município de Apodi, criado e aprovado pelo Conselho Provincial em 11 de Abril de 1833, e confirmado pela Assembléia Legislativa Provincial em 23 de Março de 1835, foi Instalada a 1º Câmara Municipal em 09 de Outubro de 1833, sendo esta presidida pelo Vereador JOÃO NOGUEIRA DA SILVEIRA, o primeiro administrador de Apodi.

Breve Resumo:

1833 - Apodi foi emancipado de Portalegre no dia 11 de abril.

1834 – A criação e os limites do termo do Apodi foram feitos pelo Conselho Presidencial em 14 de maio de 1834, sendo o território desmembrado do município de Portalegre. 

1835 - A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte(ALRN) ratificou(confirmou) a emancipação do município de Apodi, criado pelo Conselho da Província.

 RESOLUÇÃO Nº 18, DE 23 DE MARÇO DE 1835

BASILIO QUARESMA TORREÃO, Presidente da Província do Rio Grande do Norte.
Faço saber a todos os habitantes, que a Assemblea Legislativa decretou e eu sanciono a Resolução seguinte:

Art. 1º Fica aprovada a Vila do Apody, criada pela Resolução do extinto Conselho Presidencial de 11 d’Abril  de 1833.

Art. 2º - Os limites do seu município, são os que lhe farão marcados pelo extinto Conselho da província na Sessão de 14 de maio de 1834, com a exclusão somente das Fazendas, e sítios que fizeram a quem do meio da caatinga do Upanêma, que fica servindo de divisão nesta parte, ao referido Município, e ao da Villa da Princeza.

Art. 3º Fica nenhum efeito qualquer disposição em contrário. Mando portanto, a todas as autoridades, a quem o conhecimento e execução da referida Resolução pertencer, que  cumprirão, e facão cumprir tão inteiramente, como nela se contem. O Secretário da província a faça imprimir, publicar, e correr. Cidade do Natal, aos 23 dias do mea de Março de 1835, décimo quarto da Independência do Império.

BASILIO QUARESMA TORREÃO
Presidente da Província.

VEJA A NOTÍCIA HISTÓRICA  COMPLETA SOBRE A CRIAÇÃO DA VILA DO APODY 

Fontes consultadas: Marcos Pinto - historiador apodiense;
Portal Oeste News - Pesquisador José Maria das Chagas(Jotta Maria); 
Anais da Biblioteca Nacional

Matérias relacionadas:  http://tudodeapodi.blogspot.com.br/2013/05/apodi-comemora-erroneamente-data-de.html

http://tudodeapodi.blogspot.com.br/2017/03/apodi-comemora-emancipacao-politica-em.html

sábado, 8 de abril de 2017

Alan Silveira - prefeito


ALAN JEFFERSON DA SILVEIRA PINTO, natural de Apodi/RN nasceu no dia 01 de dezembro de 1986, é filho da professora Maria Gorete da Silveira Pinto e do bioquímico Klinger Pericles Pinto Diniz. Alan passou grande parte de sua infância em Apodi, sendo ela marcada por uma vida simples, na Rua Padre Benedito Alves, local onde morava, e ficava brincando daquelas brincadeiras que infelizmente hoje praticamente não fazem mais. 

Começou a estudar aos 03 anos de idade, no Colégio Luz Pequeno Principe da cidade de Apodi, onde concluiu seu ensino fundamental quando tinha 14 anos. No ano de 2001 foi morar na cidade de Natal/RN, onde fez seu ensino médio na Escola do CAP. 

Fez o curso de Farmácia Bioquímica na Universidade Potiguar(UNP) em Natal/RN. 

Fez as especializações em Hematologia Clínica e em Saúde da Família. 

Em 2008, após ter sido formado na UNP, Alan retornou a sua terra natal e no ano seguinte, começou a trabalhar em Apodi. Trabalhou como bioquimico no laboratório particular da CLINLAB, da Clínica Santa Edwirges e farmacêutico da Maternidade Claudina Pinto na cidade de Apodi/RN; 

Farmacêutico da Drogaria Viva Vida e bioquimico da Prefeitura Municipal em Felipe Guerra/RN;

Bioquímico na Unidade de Pronto Atendimento -UPA no bairro da cidade da esperança na cidade de Natal/RN;

Durante 10 anos participou do movimento escoteiro de Apodi, sendo membro do 25º Grupo de Escoteiros de Apodi e também integrante do 39º Grupo de Escoteiros Desembargador Newton Pinto. 

É membro do GASPEC Apodi - Grupo de Assistência às pessoas com Câncer - Maria das Graças da Silveira, importante entidade filantrópica de Apodi que leva o nome de sua saudosa avó materna. 

Em 2008, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro(PMDB), sigla da qual participa atualmente e exerce a função de Presidente da Juventude PMDB de Apodi. Alan também faz parte do diretório municipal do PMDB.

A sua mãe Gorete Silveira foi a vereadora mais votada de toda a história política de Apodi até hoje, foi vice-prefeita e a primeira mulher prefeita do município, já seu pai Klinger Pinto foi vice-prefeito de Apodi. Alan é neto do ex-vereador Francisco Silveira, mais conhecido como "Caboclo de Manú" que foi por 7 vezes vereador do município de Apodi, sendo um dos parlamentares que mais teve mandatos na Câmara Municipal de Apodi(CMA). Isso já mostra que a sua família sempre fez parte da política apodiense, e isso naturalmente acabou fazendo com ele também entrasse nas fileiras do PMDB apodiense.

Alan Silveira foi eleito prefeito de Apodi pelo PMDB nas eleições municipais de 02 de outubro de 2016, obtendo 12,623 votos, eleito o prefeito mais jovem da história política de Apodi, tendo como candidata a vice-prefeita, a então vereadora Hortência Regalado. Foi empossado no cargo de prefeito municipal de Apodi no dia 1º de janeiro de 2017 para o quadriênio 2017/2020.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Grêmio Estudantil do IFRN de Apodi tem nova gestão empossada

O aluno Daniel Regis é empossado como presidente para o mandato de um ano

Na última terça-feira(21), o aluno Daniel Rodrigo Regis de Lima, do Curso Técnico Integrado em Informática, tomou posse como presidente do Grêmio Estudantil José de Alencar do IFRN/Campus Apodi.

A cerimônia foi realizada no Auditório Luiza Cantofa e teve a presença do Diretor-Geral Francisco Damião Freire Rodrigues, do diretor acadêmico Cleone Lima, da presidente da rede de grêmios do IFRN (REGIF), Viviane Nunes e do reitor em exercício Marcos Oliveira.

Na oportunidade foi apresentada a nova equipe que comandará o grêmio neste mandato 2017/2018. Confira abaixo os representantes da chapa vencedora:

Diretoria executiva

1.    Presidente: Daniel Rodrigo Regis de Lima (informática);
2.    Vice-presidenta: Evilly Anik (biocombustíveis);
3.    Secretaria e tesouraria: Renildo Rene de Oliveira Medeiros (biocombustíveis).

Coordenações plenas

1.    Coordenação de comunicação e relações institucionais: Layrime Biank (agropecuária);
2.    Coordenação de formação política e sustentabilidade: Fabricia Maria (informática);
3.    Coordenação de formação educacional e assistência Estudantil: Adonis tomas (técnico em química);
4.    Coordenação de arte, cultura, esporte, lazer e qualidade de vida: Isaac Emanuel Dias (informática).
5.    Coordenação de mulheres: Marylia Fernanda (agropecuária).

SOBRE A CHAPA METAMORFOSE

A chapa é constituída por membros dos cursos técnicos integrado e subsequente, para garantir o bom funcionamento do grêmio e tem o princípio fundamental realizar uma gestão nova e transparente. Suas propostas visam:

Propor uma ação mais significativa dos discentes da instituição em ações comunicativas com o Grêmio;
Estabelecer o CRT, o conselho de representantes de turma, para melhor debate ideias, pensamentos e críticas no espaço escolar – se reunindo a cada 8 semanas, juntamente ao conselho de classe;
Representar, perante as autoridades administrativas ativas e judiciárias, os interesses gerais da categoria e os interesses individuais dos nossos associados.
Prestar serviços promocionais de atividades educativas, culturais, profissionais e comunicativas;
Disponibilizar o estatuto de forma livre e irrestrita;
Defender sempre os direitos dos alunos, e está apto a disponibilizar os deveres dos mesmos;
Estar aberto a toda, e qualquer fiscalização por parte dos alunos;
Realizar reunião, a cada duas semanas, uma da diretoria e outra com os alunos, para debate de ideias;
Convocar, quando possível, a Assembleia Geral e Congresso de Estudantes – devidamente prescrito pelo estatuto.

Fonte: http://portal.ifrn.edu.br/campus/apodi/noticias/diretoria-do-gremio-estudantil-jose-de-alencar-toma-posse/

Mais fotos da cerimônia de posse da nova gestão do Grêmio José de Alencar: 

O jovem Daniel Regis, novo Presidente do Grêmio José de Alencar falando ao público presente na cerimônia de posse da nova gestão. 



Comunidade acadêmica do Campus Apodi presente na cerimônia de posse. 

O jovem Richardson Alves, Presidente da Comissão Eleitoral

A estudante Fabricia Maria 

O estudante Renildo Rene

O Diretor-Geral do IFRN Campus Apodi, prof. Damião Freire Rodrigues falando ao público presente. 

Viviane Forte, Presidente da Rede de Grêmios do IFRN(REGIF) 

Viviane Forte, Presidente do REGIF, Cleone Silva, Diretor-Acadêmico do Campus Apodi, Marcos Oliveira, Vice-Reitor do IFRN, Damião Freire, Diretor-Geral do IFRN-Apodi, e Daniel Regis, Presidente do Grêmio Estudantil José de Alencar. 


Professor Marcos Antônio de Oliveira, Vice-Reitor do IFRN





 








O Diretori-Geral do IFRN-Apodi Prof. Damião e os membros da nova gestão do Grêmio José de Alencar

Membros da nova gestão do Grêmio  Estudantil José de Alencar: Isaac Dias, Adonis Tomas, Evilly Anik, Daniel Regis, Fabricia Maria, Renildo Rene, Layrime Biank e Marylia Fernanda. 



Fotos extraídas da página virtual do Campus Apodi no facebook

Dia Municipal das Filhas de Jó Internacional é instituído em Apodi


As Filhas de Jó Internacional (Job’s Daughter’s International) é uma organização filantrópica e filosófica sem fins lucrativos, que busca (através de um espaço de aprendizado de virtudes e de convívio em irmandade) desenvolver a liderança, o protagonismo feminino e o aperfeiçoamento pessoal destas jovens, para que possam contribuir com a nossa comunidade.  Essa importante Ordem Internacional tem contribuído na valorização, aperfeiçoamento e construção do caráter de mulheres em todo o mundo, e em nossa cidade, não é diferente.  

A organização das Filhas de Jó Internacional foi instalada e fundada em nosso município no dia 17 de março de 2007 e desde então, vem desenvolvendo uma extensa gama de atividades sociais e filantrópicas, buscando sempre ajudar as famílias em estado de vulnerabilidade e risco social de nossa cidade.

Esta data: (17/03), foi escolhida para memorizar no calendário municipal de comemorações o dia dessa estimada Ordem filantrópica e todo seu trabalho prestado para o nosso município ao longo dessa década.

*Informações extraídas da página do Vereador Gilvan Alves

LEI MUNICIPAL Nº 1129/2017 29 DE MARÇO DE 2017

PLL nº. 018/2017 Autor: Jose Gilvan Alves

Dispõe sobre a instituição do Dia Municipal das Filhas de Jó Internacional, a ser comemorado, anualmente, no dia 17 (dezessete) de março no Município de Apodi/RN.

O PREFEITO MUNICIPAL DE APODI-RN faz saber, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo Art. 66 inciso IV da Lei Orgânica, e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - Fica instituído o dia 17 (dezessete) de março de cada ano como o “Dia Municipal das Filhas de Jó Internacional” no âmbito do Município de Apodi/RN.
Art. 2º - Fica incluído no Calendário Oficial do Município de Apodi/RN, o “Dia Municipal das Filhas de Jó Internacional”.

Art. 3º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal em Apodi/RN, em 29 de março de 2017

ALAN JEFFERSON DA SILVEIRA PINTO
Prefeito Municipal

Lei publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte -http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/F854EB75

quarta-feira, 29 de março de 2017

Central de Comercialização da Agricultura familiar é inaugurada em Natal

Na ultima segunda (27) uma comitiva representando os agricultores familiares de Apodi esteve presente na solenidade de inauguração da Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Natal. 

Durante a inauguração, o governador do estado, Robinson Faria também assinou o Termo de Compromisso com a Cooperativa dos Agricultores Familiares do RN (COAFARN), organização que ficará responsável pela gestão da Central, juntamente com a secretaria de Estado da Agricultura e Pesca (SAPE).

A diretora da COAFARN, Fátima de Lima Torres, disse que o espaço vai mudar a realidade dos produtores rurais do Estado. “Aqui serão comercializados produtos de diversos municípios, produzidos por agricultores familiares e vendidos diretamente por eles, gerando emprego e renda para o homem do campo”, explicou.

Da COOPAPI, estiveram presentes Marto Sousa (presidente), Clebson de Lima (1° secretário), Caubí Torres (2° secretário). A vereadora Soneth Ferreira acompanhou a equipe.

Estrutura
A Central de Comercialização da Agricultura Familiar vai funcionar de segunda a sexta, das 6h às 17h, e aos sábados das 6h às 12h, na avenida Capitão-Mor Gouveia, próximo a Ceasa.

O prédio é composto de 36 boxes e 50 barracas, ocupando uma área de cinco mil metros quadrados. O espaço também terá praça de alimentação com restaurante e lanchonete.

Além dos agricultores familiares, a Central também beneficiará 31 entidades, entre associações e cooperativas.

Com informações do site do Governo do RN